Brasilia já não voa em mim
Emerson Lima e Naiara Lira

A vida que sonhei pra nós dois não era assim

O lugar que te encontrei na asa sul não existe mais

Estou preso num avião

Uma cidade planejada
Onde o seu habilidoso criador não achou o amor.

 

            Do Senhoritas à UnB
            Nada tem contexto!
            No concreto do meu peito

            Ainda vive a saudade
            Feita da poesia na mesa do Beirute

            Feita na melancolia no vazio cais do Pontão.

 

Silêncio se faz duro quando espero ouvir sua voz,

E eu peno pra encontrar um motivo para cantar
Foi assim sem querer 
Que eu me vi em você
E hoje Brasilia já não voa em mim

 

            Do Buraco ao INEI
            Nada faz sentido!
            No vazio do meu peito

            Ainda vive a saudade
            Feita da poesia na mesa do Pastel de Vento.

            Feita na melancolia das amoras da EMB.

 

 

 

Letra: Emerson Lima

Música: Naiara Lira

Arranjo: Cairo Vitor

    Naiara Lira: Voz

            Júnior Ferreira: Sanfona

 Luiz Ungarelli – Percussão

Cairo Vitor: Violão 6 cordas

 

Letra de um parceiro sensível que soube falar com maestria de lugares tão importantes das minhas várias fases de Brasília.

 

 

Copyright © 2013 Naiara Lira   |  Por Tályta Almeida

  • Wix Facebook page
  • SoundCloud App Icon
  • YouTube Classic

Webmaster Login